Conecte-se Conosco
oi
   

Política

Senador Irajá aponta situação crítica da saúde no Tocantins e destaca que já enviou mais de R$ 30 milhões para o setor nos municípios

Publicado

em

O parlamentar denunciou mais uma vez a gravidade da crise nos hospitais, que segundo ele enfrentam dificuldades para atender a demanda de pacientes, resultando em corredores lotados - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

BRASILIA-DF – Única voz da oposição em Brasília, o senador Irajá Abreu (PSD-TO) mais uma vez criticou o sistema de saúde do Tocantins. Em pronunciamento na terça-feira (28), afirmou que a situação da saúde pública no Tocantins é “crítica”.

O parlamentar denunciou a gravidade da crise nos hospitais, que segundo ele enfrentam dificuldades para atender a demanda de pacientes, resultando em corredores lotados, filas de espera para leitos de UTI e aumento do número de óbitos por falta de atendimento.

Ele lembrou que, em 2023, foram deflagradas duas operações da Polícia Federal junto à Secretaria de Saúde de Tocantins para apurar possíveis irregularidades e desvios de verbas públicas.

— São recorrentes as notícias de caos, de corrupção e tantos problemas crônicos que vêm enfrentando a saúde pública do estado […] É grave a crise, que se aprofunda cada dia mais, na saúde do estado […]. Somente neste ano, já foram mais de 40 pessoas que morreram à espera de atendimento — disse.

O senador defendeu mais investimentos na saúde. Ele informou que em 2023, quase R$ 30 milhões, por meio de emendas suas, foram alocados para a construção de estruturas de saúde, como o Hospital do Bico do Papagaio em Praia Norte, a aquisição de ambulâncias para o Samu, reformas de unidades básicas e compra de equipamentos e insumos essenciais.

— Temos que garantir as consultas, os exames, as cirurgias e todo o cuidado necessário. A população está precisando muito desses serviços, que estão sendo negligenciados pela gestão do governador Wanderlei Barbosa — afirmou. (Fonte: Agência Senado)

Publicidade    
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TENDÊNCIA